Milho fortalece sistema digestivo e imunológico

Foto de Vikvarga em Pixabay.    O Milho é um dos alimentos mais nutritivos que existe a nível mundial.

Milho (Zea mays)

Planta:

Oriundo do México, o Milho cresce em espigas protegidas por uma seda que forma uma casca a envolver toda a maçaroca. Amarelo, vermelho, verde ou de outra cor, este é o grão mais popular a nível mundial e também o mais produzido. No entanto, grande parte da produção de Milho, cerca de 70%, deve-se à mutação genética que, desde meados do século passado, foi sendo introduzida e cujo real impacto no ser humano e no meio ambiente ainda não é totalmente conhecido.  

Propriedades:

O Milho é um dos alimentos mais nutritivos que existe — rico em proteínas e hidratos de carbono — e das suas propriedades destacam-se a anticancerígena, antioxidante ou diurética... Por cada 100 gramas de milho é possível encontrar 224 kcal (energia), 8,3g de proteína, 0,9 g de lípidos, 79 g fibra, minerais como cálcio, ferro, magnésio ou zinco e ainda uma grande dose vitaminas, em particular do grupo B.

Benefícios:

  • Alzheimer,
  • colesterol,
  • colites,
  • diabetes,
  • epilepsia,
  • hipertensão arterial,
  • osteoporose,
  • pele,
  • prisão de ventre,
  • sistema cardiovascular,
  • sistema digestivo,
  • sistema imunológico…

Como consumir:

O Milho pode ser consumido em grão, maçaroca, farinha ou óleo, podendo ser feito mil e um produtos alimentares. Cozido, assado ou frito, o Milho é um cereal imprescindível para a nossa alimentação. Quem nunca comeu uma maçaroca assada, pipocas, em acompanhamento num prato ou numa salada e em cereais feitos para o pequeno almoço? Mas não é só na alimentação humana que o Milho assume preponderância, também é indispensável para a produção de rações para animais, fabricar xaropes ou álcool. 

Contra-indicação:

No consumo de milho não alterado geneticamente e 100% biológico são raras as contra-indicações, mas pode acontecer haver pessoas que tenham eventuais incompatibilidades, totais ou momentâneas, geradas pela ingestão de alguns dos componentes do Milho.  

Foto de Capri23auto em Pixabay.  Cerca de 70% da produção de Milho é hoje feita com base na mutação genética, cujo real impacto no ser humano e no meio ambiente ainda não é totalmente conhecido.

Este texto é uma tomada de consciência. De acordo com a estação do ano e o momento em que se encontra, cabe a cada Ser sentir se deve consumir este alimento. A dosagem e frequência depende da natureza e da condição física de cada Ser Humano.

Sinta mais sobre cereais em:

Cereais devem ter um peso elevado na nossa alimentação

Conheça oito cereais que invadem a nossa mesa

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide