Que tipos de açúcar existem?

O mercado oferece uma grande variedade de açúcares e apesar de ser difícil uma descrição exaustiva aqui ficam os principais exemplos com algumas das respetivas características:

Foto de Pixabay.      O açúcar refinado é 99,9% sacarose, ou seja, estamos a ingerir calorias sem qualquer tipo de vitaminas ou minerais.

Refinado

A cor branca e atrativa dos finos e irregulares grãos, fáceis de serem dissolvidos e misturados, fazem parte do nosso quotidiano na cozinha, restaurante ou café. Trata-se de sacarose em 99,9%, devido à refinação que adiciona enxofre, entre outros químicos, e que retira todas as vitaminas ou minerais. Na prática, ingerimos calorias sem qualquer nutriente.


Foto de Gaertringen em Pixabay.     O açúcar refinado granulado é usado pela industria farmacêutica para fazer os remédios. 

Refinado granulado

É o açúcar mais utilizado na indústria farmacêutica, por exemplo para fazer xaropes. Os cristais são constituídos por 99,9% de sacarose, tem cor branca e não tem corantes ou humidade.


Foto de congerdesign em Pixabay.    O açúcar de pasteleiro é o obtido da moagem do açúcar granulado refinado.

Pasteleiro

O açúcar pasteleiro é branco e tão fino que mais parece pó. Este tipo de açúcar é o obtido da moagem do açúcar granulado refinado, ao qual se adiciona amido para evitar a agregação dos cristais. É um dos trunfos da pastelaria para confeção e decoração de bolos, caldas ou xaropes.


Foto de Esfera Dourada.     O aspartame é um adoçante muito usado por pessoas que querem cortar calorias, mas atenção aos danos ocultados. 

Aspartame

O aspartame é um adoçante que contém apenas quatro calorias por grama, adoça até 200 vezes mais do que o açúcar vulgar refinado e é bastante utilizado no dia-a-dia para adoçar bebidas. No entanto, existe uma grande divergência sobre os danos que este tipo de produto pode provocar no organismo. Por exemplo, quando aquecido, este produto perde a capacidade de adoçar, além de se transformar em metanol, que é toxico. Como substituto, muitas pessoas preferem o açúcar light, também conhecido por açúcar magro, pelo reduzido valor de calorias. O açúcar ligth é uma mistura do açúcar comum (sacarose) com adoçante (edulcorante) e adoça duas vezes mais do que o açúcar normal. Atenção que quem tem diabetes não deve consumir açúcar ligth porque este possui açúcar comum (sacarose) na sua formulação, o que aumenta os níveis de glicemia.


Foto de Karolina Grabowska em Pixabay.     O açúcar mascavado é considerado o açúcar bruto, mais saudável que o açúcar tradicional refinado.

Mascavado

O açúcar mascavado não passa pela refinação, logo tem menos aditivos químicos que o açúcar branco e conserva maiores propriedades nutricionais (vitamina B1, B2, e B6, cálcio, magnésio, fósforo e potássio), além de ser menos calórico. É considerado o açúcar bruto, mais saudável que o tradicional refinado. O mascavado apresenta-se com uma cor castanha e tem um sabor bastante aromático, muito aproximado ao sumo da cana-de-açúcar.


Foto de Esfera Dourada.     É usado habitualmente em receitas que têm uma vida útil maior, como por exemplo broas.

Amarelo

O açúcar amarelo também é refinado, mas em vez de branco adquire uma cor dourada, devido à manutenção do melaço da centrifugação. É usado habitualmente em receitas que têm uma vida útil maior, como por exemplo broas, sonhos, entre outros.


Foto de Silviarita em Pixabay.   A frutose não contém aditivos e é mais doce do que o açúcar tradicional refinado.

Frutose

A frutose é o açúcar extraído das frutas e do milho. Não contém aditivos e é mais doce do que o açúcar tradicional refinado, mas induz um aumento mais lento da glicose no sangue quando comparado com outros tipos de açúcar.


Foto de Steve Buissinne em Pixabay.    O mel contém proteínas e diversos sais minerais e vitaminas essenciais à saúde.

Mel

O mel é extraído de flores pelas abelhas e processado pelas suas enzimas digestivas que depois armazenam o néctar em favos nas suas colmeias para lhe servir de alimento. O homem ao apropriar-se do mel obtém um produto doce e único, pois contém proteínas e diversos sais minerais e vitaminas essenciais à saúde. É um alimento de elevado valor energético, possui propriedades medicinais reconhecidas devido em particular à ação antibacteriana que oferece.

Este texto é uma tomada de consciência. De acordo com a estação do ano e o momento em que se encontra, cabe a cada um sentir se deve consumir este alimento. A dosagem e frequência depende da natureza e da condição física de cada Ser Humano.

Sinta mais sobre açúcar em:

Onde está o açúcar?

Mas o que é o açúcar?

Sou viciado em açúcar?

Como o açúcar torna a vida amarga

Reforce a sua consciência em:

Redução do consumo de açúcar em Portugal

RAR açúcar

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide