Chá, Infusão ou Tisana? Faz toda a diferença

É comum ouvirmos todos os dias pedir um chá, mas na realidade muitas vezes essa bebida nem sequer tem a planta do chá. A confusão é muita e deve-se em grande parte à popularidade que o chá assumiu a nível mundial. É, assim, frequente beber uma simples Infusão ou Tisana e chamar Chá a essa bebida.

O Chá vem exclusivamente da planta Camellia Sinensis (raízes, caules, folhas ou flores), uma árvore originária da Índia e da China, da família Theaceae e que pode atingir 15 metros de altura. Na Europa, por exemplo, as únicas grandes plantações conhecidas são nos Açores, concretamente na Ilha de São Miguel.

Da Camellia Sinensis são normalmente produzidos cinco variedades de chás:

  • Chá Branco é produzido pela secagem das folhas mais tenras, mas sem serem fermentadas, logo quase não apresenta teína;
  • Chá Verde resulta de uma leve oxidação das folhas e por isso revela um nível ligeiro de teína;
  • Chá Oolong é aquele em que a folhas sofrem uma fermentação mediana (tem nível médio de teína);
  • Chá Vermelho é aquele em que as folhas são prensadas e fermentadas em barris, apresentam um nível elevado de teína;
  • Chá Preto resulta de uma forte fermentação e oferecem uma concentração muito elevada de teína.

Para a opção da Camellia Sinensis deve ser feita uma Infusão (uso de calor). A planta do chá deve ser colocada em água fria durante alguns minutos e só depois é que deve ser usado o calor, até uma temperatura entre os 80 ºC e os 90 ºC, sem ferver, para poder tirar todo o proveito dos nutrientes que esta oferece. A Infusão deve durar cerca de 7 minutos, mas depende da planta. Esta bebida sim é um chá.

Foto de Natasha G em Pixabay.    O chá vem exclusivamente da planta Camellia Sinensis (raízes, caules, folhas ou flores), uma árvore originária da Índia e da China.

Depois quando se prepara uma Infusão de folhas secas ou vivas de uma planta como exemplo Camomila, Tília, Cidreira ou uma aromática, considera-se uma Infusão simples. O café resulta de uma Infusão do grão da planta do café.

Já quando a Infusão é feita com mais do que um tipo de plantas – ou partes desta como folhas, flores, raízes, casca de fruta ou sementes -, então chama-se uma Tisana. Para este tipo de Infusão a duração varia com o tipo de plantas utilizadas e pode variar entre 5, 10 ou até 15 minutos, para poder retirar todo o potencial. Esta mistura de várias plantas também é conhecida como Blend e é muito utilizada para fins terapêuticos e medicinais, embora também seja muito consumida por puro prazer e aí as doses são muitos baixas para maior proveito de sabores inovadores. Experimente por exemplo uma boa Tisana de Erva Príncipe com Manjericão, Canela e Perpétuas Roxas.

No entanto, há também quem utilize as Tisanas para aromatizar, por exemplo, um chá Branco ou Preto e nesse nesse caso a bebida passa a ser um Blend de Chá.

Vemos assim que beber um Chá, uma Infusão ou uma Tisana faz toda a diferença.

Este texto é uma tomada de consciência. De acordo com a estação do ano e o momento em que se encontra, cabe a cada um sentir se deve consumir este alimento. A dosagem e frequência depende da natureza e da condição física de cada Ser Humano.

Sinta mais sobre infusões em:

Chas verde, branco ou preto bloqueiam sistema hormonal

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide