Pratos principais para surpreender em casa

O prato principal é a atração de qualquer bom banquete. Aqui tem uma boa oportunidade para mostrar os seus dotes. Em Nutrição de Luz, o prato principal pode ser fácil e divertido de confecionar, mas por vezes requer alguma imaginação. A paleta de gostos oferecida na ementa deverá contudo ter por base uma boa intenção de quem está a preparar a refeição, bem como alimentos 100% biológicos e frescos para que a surpresa seja ainda mais saborosa. Deixamos-lhe aqui três receitas para degustar com os seus.

Almôndegas de linhaça e girassol

Foto de Esfera Dourada.     A aparência também conta, por isso construa um ninho de esparguete de courgette e no meio coloque as almôndegas e o molho. Partilhamos aqui um prato requintado para marcar pontos em casa.

Ingredientes:

  • 1 chávena de sementes de girassol
  • 1 chávena de sementes de linhaça
  • 1 cebola roxa
  • 1 courgette
  • 1 pimento vermelho
  • 1 colher de chá de pimentão doce
  • Sal
  • Orégãos
  • Tomilho
  • Coentros
  • 2 Tomates
  • 1 Colher de café de gengibre
  • 1 Colher de café de sementes coentros
  • 1 colher de sopa de molho de soja
  • Pimenta
  • 1 dente de alho
  • Manjericão 
  • sumo de limão
  • colher de café de cominhos
  • sementes de sésamo

Comece por preparar o molho do tempero das almôndegas que é composto por 1 copo de água filtrada, cebola roxa cortada, sal a gosto, pimenta, orégãos, tomilho e coentros. Todos estes ingredientes são passados no liquidificador para fazer o molho do tempero.

Depois faça a pasta para as almôndegas. Deite para o liquidificador uma chávena de sementes de girassol e outra de linhaça. Moa tudo até ficar em farinha e coloque imediatamente um bom fio de água para que a linhaça não oxide, deixando um sabor mais amargo e depois junte o molho de tempero. Misture tudo muito bem até obter uma massa homogénea.

Feita a massa ou pasta, comece a preparar as bolinhas de almôndegas e de seguida avance para a sua desidratação a 42 ºC durante quatro horas.

Para acompanhar sirva esparguete de courgette. Faça o seu esparguete com um equipamento próprio ou cortando a courgette em tiras muito finas.

Falta apenas o molho para acompanhar as almôndegas e o esparguete. Pique no liquidificador os dois tomates previamente pelados e um pimento vermelho, com uma colher de chá de pimentão, uma colher de café de sementes de coentros e outra colher de gengibre em pó, um dente de alho, uma cebola, sal, pimenta e um fio de molho de soja. O molho é para ser consumido à temperatura natural ou pode ser aquecido até aos 42 ºC.

Para servir, faça um ninho com o esparguete de courgette e coloque ao lado as almôndegas com o respetivo molho e pulverize com sementes de sésamo. Saboreie porque vai querer repetir.


Arroz de couve-flor com palitos coloridos e maionese vegan

Foto de Esfera Dourada.      Triture a couve-flor no liquidificador até obter uma consistência semelhante ao couscous.

Ingredientes:

  • 1 Couve-flor
  • 2 dentes de Alho
  • 1 Limão
  • Sal
  • Pimenta
  • Salsa
  • 2 Tomates
  • Azeite
  • Meia chávena de chá de passas de uva
  • 1 Cenoura
  • 1/2 Pepino
  • Aipo
  • Uma chávena de chá de azeitonas
  • 100 gramas de Caju
  • 1 colher de chá de Mostarda

Cortar a couve-flor em pedaços para colocar no liquidificador, onde vai triturar até obter uma consistência idêntica ao couscous. Tempere depois com sumo de limão, sal, pimenta, salsa picada, uma chávena de chá de azeitonas descaroçadas e picadas, tomate aos cubos previamente temperado, meia chávena de passas de uva, um dente de alho bem picado, um fio de azeite e guarde no frigorífico.

Comece a retirar, com um descascador, a pele exterior da cenoura, do pepino e do aipo, pois contém um tecido muito fibroso. Em seguida, corte tudo em forma de palitos.

Para fazer a maionese é necessário demolhar o caju em água durante quatro horas, atenção não pode aproveitar esta água porque tem fitatos. Só depois é que deve ser triturado no liquidificador com um pouco de água filtrada nova. A seguir junta-se sumo de limão, um fio de azeite, um alho, uma colher de chá de mostarda e uma pitada de sal dos himalaias. Processe novamente tudo muito bem até formar a textura de maionese. Volte a retificar temperos e se necessitar, juntar um pouco mais de água.

Utilize um prato raso para servir, colocando ao centro o arroz, acompanhado dos pequenos palitos e ao lado uma pequena taça com a maionese. Prove e diga se gostou.


Lasanha crua de courgette e beringelas marinadas com pesto e ricota de caju

Foto de Couleur em Pixabay.      Quando começar a preparar a lasanha no tabuleiro, não se esqueça que a última camada deve ser de pesto.

Ingredientes:

  • Pasta de sementes de girassol, linhaça
  • 1 courgette
  • 1 beringela
  • Pesto
  • Ricota de caju
  • 2 tomates grandes
  • 100 gramas de rúcula
  • 50 gramas de pinhão
  • Sal, sumo de limão, alho e molho de soja

Numa mandolina (um utensílio culinário usado para cortar alimentos, principalmente vegetais) corte a courgette e a beringela na medida de 1,5 milímetros ao comprido. Depois levar a marinar em sal, sumo de limão, alho e molho de soja.

Pele o tomate, corte muito fininho na horizontal e tempere a gosto.

Num tabuleiro, dispor uma camada de beringela, uma camada de pasta de sementes, uma camada de courgette, uma camada de pesto, uma camada de tomate e uma camada de ricota. Fazer mais uma nova camada de todos estes ingredientes e terminar com pesto.

No momento de servir tenha cuidado ao retirar a lasanha do tabuleiro e sirva num prato, decorando com azeitonas, rúcula, pinhão torrado, lascas de queijo parmesão e salada de rebentos.

 

Reforce a sua consciência sobre receitas em:

https://www.docelimao.com.br/site/ de Conceição Trucom,
https://verdadeirodetox.com  de Elias Pereira,
http://alimentovivo.org/curso-vem-pra-cruzinha/lista-de-espera/   de Rita Zumberlan
Livro “As Receitas da Cura Alcalina” de Stephan Domening e Heinz Earlacher,
Livro “As Delícias de Ella Todos os Dias” de Ella Woodward

Sinta mais sobre nutrição em:

Sopas 100% cruas

Comece o dia com um iogurte

Batidos de leite vegetal

Sobremesas cruas e vivas

Germinados e microvegetais são alimentos vivos

Sumos para revitalizar o corpo

Nutrição crua e viva amiga das nossas células

Ser Vegan é um estilo de vida

Alimentação deve respeitar a “natureza e o estado” do Ser Humano

Obsessão por uma alimentação perfeita é um desequilíbrio?

Nutrição de Luz

Como os elementos da natureza interagem

Três Princípios Filosóficos da Vida

 

 

 

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide