Sobremesas cruas e vivas

Foto de DanaTentis em Pixabay.       Fazer uma sobremesa com alimentos crus está ao alcance de todos.

Numa refeição, a sobremesa é um dos momentos mais aguardados, sobretudo pelos petizes ou mais gulosos, pois trata-se da sessão de encerramento que deve ser feita com chave de ouro. Com mais ou menos calorias, o importante é o prazer que a degustação nos oferece na dimensão da felicidade. A confeção de sobremesas enquadradas em Nutrição de Luz exige, de preferência, alimentos selecionados que sejam 100% biológicos e frescos. 

Importa sublinhar que se a sobremesa for uma simples peça de fruta, esta deve ser consumida meia hora antes da refeição. Em causa está a maior rapidez de digestão e absorção dos nutrientes da fruta, em contraste com a dos pratos de uma refeição que é lenta e morosa. Na prática, a ingestão da fruta no final da refeição faz com que muitos dos seus nutrientes não sejam sequer absorvidos pelo organismo.

Para poder saborear e desfrutar em toda a plenitude de uma boa sobremesa aqui ficam três exemplos para confecionar em casa. 

 

Tarte de lima

Foto de Aktim em Pixabay.       Faça uma tarte crua e viva de lima para as estações do ano mais quentes.

Ingredientes da base:

  • 200 gramas de amêndoas
  • 100 gramas de tâmaras sem caroço
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco
  • 1/2 chávena de água de coco

Ingredientes do recheio:

  • 250 gramas de caju
  • Sumo de 3 limas com raspas
  • Meia dúzia de ervas azedas (tronco e flor) ou capuchinhas (só a folha)
  • 2/3 de uma chávena de passas de uva branca
  • 1/2 chávena de óleo de coco
  • 1 abacate grande

Primeiro passar os ingredientes da base no liquidificador, mas triturar sem fazer pasta. Depois faça o mesmo para os ingredientes do recheio até ficar com textura de creme. No caso do caju pode ser demolhado para que o liquidificador o processe mais facilmente.
Numa base de tarte espalhe muito bem o preparado da base e de seguida coloque por cima o creme do recheio. Por fim, é só pôr a tarte no frigorífico durante quatro horas para que esta fique mais rija. Bom apetite.


Mousse de abacate com pepitas de cacau e romã

Foto de vrlkmp em Pixabay.       Descasque o abacate, mas não deite fora o caroço, pois os seus nutrientes também são muito benéficos para o seu organismo.

Ingredientes:

  • 2 abacates
  • Folhas de hortelã
  • 20 gramas de pepitas de Cacau
  • 1/2 romã descascada
  • Sumo de duas limas
  • 1/2 litro de leite de coco
  • Açúcar de coco

Comece por descascar os abacates, separando-os do caroço. Não deite fora o caroço, aproveite todos os seus nutrientes numa salada, num batido ou até numa sopa, ralando-o. Coloque os abacates cortados em pedaços e sumo de duas limas no liquidificador e processe até obter uma pasta. Adicione depois uma chávena de café de leite de coco, duas chávenas de chá de açúcar de coco, umas gotas de sumo de limão (para ajudar a não oxidar, preservando a cor verde do abacate) e quatro folhas de hortelã. Acione novamente o liquidificador para conseguir a mousse e por fim basta verter para as taças de sobremesa e decorar com pepitas de romã e de cacau. Está pronto a saborear.

 


Crepes de frutos vermelhos e banana

Foto de Luisella Planeta Leoni em Pixabay.    Surpreenda em casa e faça você mesmo um crepe de sonho.

Ingredientes:

  • 2 iogurtes vegetais
  • 3 bananas
  • 1 colher de sopa de sementes de chia
  • 4 colheres de sopa de frutos vermelhos
  • 10 morangos
  • 1 colher de sopa de açúcar de cana ou coco
  • hortelã
  • canela

Se tiver iogurte vegetal feito em casa, basta colocá-lo no congelador durante quatro horas. Durante esse tempo vá mexendo de meia em meia hora com um garfo até que este ganhe a consistência de gelado.
Para fazer os crepes, coloque as bananas descascadas e cortadas no liquidificador juntamente com as sementes de chia (não necessitam de ser demolhadas). Depois de bem processado, adicione os frutos vermelhos previamente esmagados e uma pitada de canela. Mexa então tudo muito bem.

Agora, num tabuleiro de desidratador e sob uma folha lisa, vá espalhando o líquido que acabou de fazer na forma de crepe. Repita a operação até que o líquido se esgote e leve o desidratador a 45 ºC durante 10 horas. O tempo no desidratador depende da espessura dos crepes. Para quem não tem desidratador, a alternativa pode ser colocar os crepes numa folha vegetal no forno, mas nesse caso convém ir controlando os crepes.

Para terminar, corte os morangos às rodelas e faça uma maceração com o açúcar e sete folhas de hortelã laminadas durante, pelo menos, uma hora. 

Feitos os crepes é só servir acompanhados dos morangos macerados e o gelado de iogurte decorado com duas folhas de hortelã. Delicie-se.     

 

 

Reforce a sua consciência sobre receitas em:

https://www.docelimao.com.br/site/ de Conceição Trucom
https://verdadeirodetox.com  de Elias Pereira
http://alimentovivo.org/curso-vem-pra-cruzinha/lista-de-espera/  de Rita Zumberlan
Livro “As Receitas da Cura Alcalina” de Stephan Domening e Heinz Earlacher
Livro “As Delícias de Ella Todos os Dias” de Ella Woodward

Sinta mais sobre nutrição em:

Sopas 100% cruas

Comece o dia com um iogurte

Batidos de leite vegetal

Pratos principais para surpreender em casa

Germinados e microvegetais são alimentos vivos

Sumos para ajudar a desintoxicar o corpo

Nutrição crua e viva amiga das nossas células

Ser Vegan é um estilo de vida

Alimentação deve respeitar a “natureza e o estado” do Ser Humano

Obsessão por uma alimentação perfeita é um desequilíbrio?

Nutrição de Luz

Como os elementos da natureza interagem

Três Princípios Filosóficos da Vida

 

 

 

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide