Sal marinho natural não é refinado

Foto de Wolk9 por Jolande em Pixabay.     O sal não refinado contém micro minerais e nutrientes essenciais ao nosso organismo.

É obtido através da evaporação da água do mar, processo feito naturalmente através da exposição solar. O sal marinho natural não está sujeito a qualquer tipo de refinação, por isso mantém todos micro minerais e nutrientes originais, incluindo o iodo natural. Este tipo de sal é grosso, húmido, pode ter uma coloração branca, cinza, negra, rosa…, depende do mar onde é recolhido e o seu sabor é bastante forte.

O paladar mais acentuado leva a que se recomende o consumo em menor quantidade na culinária. Os especialistas afirmam, a uma só voz, que usar sal marinho integral na quantidade adequada, no máximo uma colher de chá por dia, dá ao organismo nutrientes essenciais ao seu funcionamento, por exemplo, o magnésio natural contribui para a diminuição da tensão arterial, além de reforçar o sistema imunitário.

No entanto, é preciso cuidado porque muitas embalagens anunciam sal marinho em letras grandes, mas na realidade na descrição, em letrinhas pequenas, dizem afinal que o sal é refinado. Sal marinho natural não é refinado e muito menos enriquecido em iodo, o chamado iodado.

Este texto é uma tomada de consciência. De acordo com a estação do ano e o momento em que se encontra, cabe a cada um sentir se deve consumir este alimento. A dosagem e frequência depende da natureza e da condição física de cada Ser Humano.

Sinta mais sobre sal em:

Sal mineral é precioso para o nosso corpo

Flor de sal contém todos os ingredientes oferecidos pela natureza

Peso económico do Sal é elevado, mesmo sem ser ‘ouro branco’

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide