Benefícios do gengibre à lupa

Foto de Peter Stanic em Pixabay.       O gengibre acelera o metabolismo e queima calorias, um verdadeiro aliado no combate ao excesso de gordura.
Foto de Carolyn Nicholas em Unsplash.    O gengibre protege o estômago contra as úlceras.
Foto de Congerdesign em Pixabay.     Consumo de gengibre deve ser moderado e há pessoas que não devem mesmo ingerir.

Coração

Foto de Pexels.        O sumo de Gengibre ajuda a prevenir enjoos durante viagem longa.

O gengibre reduz o nível de colesterol, regula a pressão arterial e ajuda a prevenir a coagulação do sangue, diminuindo o risco de várias doenças cardiovasculares. No entanto, aqueles que tomam medicação para o coração ou têm tendência para ter pressão arterial alta só devem tomar gengibre sob a supervisão de um profissional em nutrição.

Diabetes

O consumo de gengibre ajuda a reduzir o nível de açúcar no sangue e aumenta a eficácia da insulina e de outros medicamentos usados no tratamento da diabetes. Os especialistas recomendam beber um copo de água morna misturada com uma colher de chá de sumo de gengibre logo pela manhã para regular o açúcar no sangue. Esta bebida também protege os níveis de gordura no sangue.

Ajuda a perder peso

O gengibre é um verdadeiro aliado no combate ao excesso de peso porque acelera até 20% o metabolismo e queima calorias.

Azia e gases intestinais

O chá de gengibre é bastante utilizado no combate da azia e dos gases intestinais. O ideal é beber quatro chávenas ao longo do dia.

Enjoos e vómitos

O gengibre ajuda a reduzir náuseas e vómitos que frequentemente ocorrem durante a gravidez, tratamentos de quimioterapia ou mesmo nos primeiros dias após uma cirurgia. A recomendação é 0,5 gramas de gengibre, ou seja meia colher de café de raspas de gengibre, tomada  ao pequeno almoço, durante quatro dias. Para quem enjoa a viajar, então três horas antes deve consumir um chá ou um sumo de gengibre.

Úlceras

O consumo da raiz protege o estômago contra as úlceras, gastrites (no entanto, não é aconselhado a pessoas que já sofram desses stresses), previne o cancro, que na maior parte dos casos está ligado a alterações nas células provocadas pela úlcera. É também bastante frequente usar o gengibre no tratamento da diarreia induzida por bactérias ou para ajudar em caso de intoxicação alimentar. Para melhorar a digestão, tente comer gengibre após as principais refeições.

Gripes e constipações

Ao sinal dado pelo organismo de que vem aí uma gripe ou uma constipação consuma gengibre para se precaver. Tome um chá, coloque umas toalhas de gengibre antes de dormir ou use a própria raiz na alimentação diária. O gengibre ajuda a reforçar o sistema imunológico, acelera a circulação sanguínea e a energia por todo o corpo. A transpiração provocada pelo gengibre reduz a febre e todo o seu poder curandeiro combate a gripe e as constipações, aliviando rapidamente as vias respiratórias.

Tosse

O gengibre é um analgésico natural que alivia a dor e a irritação da garganta e reduz a tosse, especialmente quando causada por uma gripe ou constipação. Mastigar um pouco de raiz de gengibre fresca, beber sumo, chá ou massajar o peito com óleo de gengibre alivia a tosse.

Doenças generativas do cólon e do ovário

As propriedades do gengibre, já testadas cientificamente, previnem o desenvolvimento e a proliferação de células cancerígenas nessa região do intestino, protegendo-o contra um eventual doença degenerativa colorretal. O gengibre também tem a capacidade de ajudar a combater outros cancros como o do pulmão, da mama, ovário, da pele, da próstata ou do pâncreas.

Artrite

As propriedades anti-inflamatórias do gengibre ajudam a reduzir a dor associada à gota, artrite reumatoide e osteoartrite. Deve aplicar-se pasta de gengibre quente com açafrão na área afetada duas vezes por dia. Além disso, consuma gengibre cru ou introduza-o na sua alimentação. Os banhos de gengibre também ajudam aliviar as dores musculares e nas articulações.

Ossos

Por cada 100 gramas de gengibre há cerca de 157 mg de magnésio, considerado o mineral do músculo, o que será um relaxante muscular e estimulante na formação de novas células. O magnésio é indispensável na fixação de cálcio nos ossos, beneficiando pessoas com osteoporose.

Cólica menstrual

Como poderoso analgésico natural, o gengibre pode ser usado para reduzir a cólica menstrual. O chá ou o gengibre natural ajuda a aliviar a dor do ciclo menstrual.

Enxaquecas

O chá de gengibre durante os ataques de enxaqueca bloqueiam a dor e travam as tonturas e náuseas associadas.

Rugas

Faça uma pasta de gengibre com mel e aplique-a no rosto. Esta ajuda a eliminar as rugas e as linhas de expressão, graças ao poder antioxidante que trava a perda de elasticidade da pele.

Dentes

É possível aliviar a dor de dentes mastigando uma pequena fatia de gengibre ou beber um chá.

Afrodisíaco

É muito útil para reforçar a libido e desejo sexual. O óleo de gengibre aumenta a temperatura do corpo e é considerado um grande estimulante devido ao seu aroma intenso e penetrante.

Este texto é uma tomada de consciência. De acordo com a estação do ano e o momento em que se encontra, cabe a cada um sentir se deve consumir este alimento. A dosagem e frequência depende da natureza e da condição física de cada Ser Humano.

 

 

Sinta mais sobre Gengibre em:

Gengibre é o curandeiro do corpo, da alma e do espírito

Love
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide